Forte demanda por Galaxy Note 7 da Samsung testa cadeia de produção

Por Se Young Lee

SEUL (Reuters) - A demanda maior que a esperada pelo novo Galaxy Note 7 da Samsung está causando gargalos na oferta em nível mundial, disse a gigante de tecnologia sul-coreana nesta quarta-feira, sugerindo fortes vendas iniciais para o novo smartphone.

Ao mesmo tempo que a demanda robusta pode ajudar a garantir outro trimestre sólido de lucros, a Samsung também corre risco de perder vendas se não puder aumentar a oferta logo. Rivais como a Apple estão prestes a lançar novos telefones que poderiam tirar clientes da Samsung se a escassez persistir.

"Como as encomendas para o Galaxy Note 7 superaram as estimativas, a data de lançamento em alguns mercados foi ajustada", disse a Samsung à Reuters.

Problemas de produção dos telefones Galaxy S6 de tela curva resultaram em vendas decepcionantes no ano passado, e alguns investidores temem que isso se repita se a Samsung não se mover rapidamente para atender a demanda pelo Note 7.

A Samsung disse que está tentando elevar a produção e que pretende atender a demanda "assim que possível", mas não deu mais detalhes.

Uma pessoa familiarizada com o assunto disse à Reuters que não havia problema de produção para as telas curvas usadas ​​no Galaxy Note 7 e que o "gap" entre produção e oferta não será um problema de longo prazo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos