Dólar cai mais de 1% e vai abaixo de R$3,25 com baixo volume, de olho em Fed e impeachment

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou com a maior queda em quase um mês e voltou abaixo de 3,25 reais nesta segunda-feira, dia marcado por baixo volume de negócios antes dos dados de emprego nos Estados Unidos no fim da semana e do desfecho do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Na sessão anterior, declarações de autoridades do Federal Reserve recolocaram sobre a mesa a possibilidade de o banco central norte-americano elevar os juros no mês que vem, adicionando incerteza aos mercados financeiros globais.

O dólar recuou 1,21 por cento, a 3,2323 reais na venda, após bater 3,2910 reais na máxima do dia e 3,2287 reais na mínima. Foi a maior queda diária de fechamento desde o dia 4 de agosto (-1,43 por cento).

O dólar futuro recuava cerca de 1 por cento no fim desta tarde.

(Por Bruno Federowski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos