Brasil chamará de volta embaixadores na Venezuela, Bolívia e Equador, diz fonte

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro decidiu chamar seus embaixadores na Venezuela, Equador e Bolívia, disse nesta quarta-feira uma fonte do Ministério de Relações Exteriores.

A decisão, segundo a fonte que não pode ser identificada, foi tomada pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra, em reação à resposta desses países ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Bolívia, Equador, Cuba e Nicarágua condenaram a cassação do mandato de Dilma, nesta quarta-feira, e classificaram como um golpe de Estado, mas a Venezuela foi além e suspendeu as relações com o Brasil e retirou "definitivamente" seu embaixador do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos