Flórida se prepara para primeiro furacão em mais de uma década

Por Letitia Stein

TAMPA, EUA (Reuters) - Hermine ganhou força para alcançar o status de um furacão nesta quinta-feira, ao mesmo tempo que moradores da Flórida, na costa norte do Golfo, juntavam sacos de areia, estocavam alimentos e se retiravam de áreas mais baixas antes da chegada do que o governador chamou de “uma tempestade que traz risco de vida”.

A expectativa é que Hermine seja o primeiro furacão a atingir o Estado em mais de uma década.

O Centro Nacional de Furações disse que Hermine se tornou o quarto furacão da temporada de 2016 no meio da tarde quando os seus ventos sustentados alcançaram 120 km/h, cerca de 180 km ao sul de Apalachicola, na Flórida. Esperava-se que o furacão atingisse a terra no fim da quinta ou início da sexta-feira.

Hermine pode resultar em 51 cm de chuvas em algumas partes do Estado. Tornados isolados e aumentos da maré também foram previstos.

"Os que estão em território alto estão estocando e se protegendo”, afirmou Pamela Brownlee, diretora de gerenciamento de emergências do condado litorâneo de Franklin. Ela disse que as pessoas em ilhas de barreira e áreas baixas na costa estão sendo retiradas.

O governador Rick Scott declarou estado de emergência em 51 dos 67 condados antes da tempestade. “Essa é uma tempestade mortal, que traz risco de vida”, disse ele, observando que 8 mil integrantes da Guarda Nacional da Flórida estavam preparados para ser mobilizados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos