Oi apresentará plano de recuperação judicial na segunda-feira, dizem fontes

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora de telecomunicações Oi deve apresentar seu plano de recuperação judicial num tribunal do Rio de Janeiro na segunda-feira, disseram à Reuters duas fontes familiares com a situação.

O plano será apresentado após reunião do conselho de administração no mesmo dia para avaliar a proposta, disseram as fontes. Uma terceira fonte disse que a reunião do conselho sobre o assunto pode acontecer já neste fim de semana.

As fontes falaram em condição de anonimato porque não estavam autorizadas a falar publicamente sobre o assunto.

A Oi, maior operadora de telefonia fixa do país e quarta maior de telefonia móvel, junto com suas seis subsidiárias, fez o maior pedido de recuperação judicial da história do Brasil em 20 de junho, envolvendo 65,4 bilhões de reais em bônus, dividas bancárias e responsabilidades operacionais.

O caso opõe acionistas minoritários contra o grupo controlador liderado pela Pharol SGPS. Alguns detentores de bônus estão cortejando o governo brasileiro para que seja um aliado para evitar a falência da operadora, de acordo com fontes envolvidas no processo.

Também nesta sexta-feira, o juiz que está supervisionando o processo de recuperação judicial da Oi suspendeu uma reunião extraordinária de acionistas agendada para 8 de setembro. A reunião tinha sido convocada pelo Société Mondiale, acionista que quer trocar membros do conselho nomeados pela Pharol.

(Por Ana Mano e Guillermo Parra-Bernal)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos