Homens armados sequestram 14 trabalhadores locais do setor de petróleo e motorista na Nigéria

ONITSHA, Nigéria (Reuters) - Homens armados na Nigéria, na região do Delta do Níger que tem sido atingida por uma série de ataques de militantes em instalações de energia desde o início do ano, sequestraram 14 trabalhadores locais do setor de petróleo e seu motorista, informou a polícia no sábado.

Sequestro em troca de resgate é um problema comum em algumas partes da Nigéria e o centro de energia, na região, tem visto um aumento da criminalidade desde o início de ataques por militantes que pedem que mais riqueza do petróleo vá para a região empobrecida.

O sequestro ocorreu em uma estrada que liga as cidades de Omoku e Elele, cerca de 50 km da cidade de Port Harcourt, Estado de Rivers, na madrugada de sexta-feira, quando os funcionários da empresa de energia da Nigéria Nestoil iam para o trabalho, disse a polícia.

"Nós recuperamos o veículo em que viajavam antes do incidente. A polícia está vasculhando arbustos ao redor da área, em uma tentativa de encontrar e libertar as vítimas", disse Nnamdi Omoni da polícia do estado de Rivers.

"Eu não acho que tinha algum estrangeiro entre os sequestrados. Os sequestradores não fizeram qualquer contato e ninguém foi preso ainda", acrescentou Nnamdi.

(Por Anamesere Igboeroteonwu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos