Depois de passagem agitada pelo Sul, tempestade Hermine ameaça o Nordeste dos EUA

Por Daniel Trotta

NOVA YORK (Reuters) - A tempestade Hermine agitou a costa do meio-Atlântico dos Estados Unidos neste domingo, com projeções de que pode retomar a força de furacão ao avançar para o norte, prejudicando o feriado do Dia do Trabalho com ventos e chuvas fortes e deixando o mar agitado.

A tempestade, que matou pelo menos duas pessoas, na Flórida e Carolina do Norte, deve permanecer durante vários dias na costa de Nova Jersey e de outros centros populacionais importantes no Nordeste dos EUA, de acordo com o Centro Nacional de Furacões (NHC).

Autoridades da costa determinaram que nadadores, surfistas e donos de barcos ficassem longe das águas durante o feriado prolongado, quando muitos norte-americanos comemoram o fim do verão.

Segundo projeções, a tempestade poderá varrer as costas de Rhode Island ou Massachusetts ainda na semana.

Classificado como um furacão de categoria 1, o Hermine perdeu força ao cortar a Flórida e a Geórgia, com ventos sustentados de até 105 km/h. Até a noite deste domingo, meteorologistas esperam a retomada do furacão com ventos de mais de 119 km/h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos