Hermine poupa muito da costa leste dos EUA, mas atrapalha feriado

Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) - Hermine, uma tempestade que atingiu a Flórida com ventos que tinham a força de um furacão na semana passada, passou longe da costa leste norte-americana nesta segunda-feira, poupando os estados do Meio-Atlântico, mas forçando o fechamento de algumas praias.

Serviços do tempo alertaram banhistas e velejadores na costa leste para evitarem as águas traiçoeiras e agitadas, resultado da tempestade, à medida que ela seguia na direção noroeste.

Em Cape Cod e nas suas ilhas, as ondas e o vento prejudicaram os planos para Dia do Trabalho de muitas pessoas que queriam celebrar o fim do verão, mas algumas praias ao sul, mais distantes, reabriram.

Uma exceção foi Nova York, que disse que todas as praias públicas seriam fechadas na terça-feira por causa de correntezas que representavam “risco de vida” geradas por Hermine.

Hermine, classificada como furacão da categoria 1 quando atingiu à costa do Golfo no início da sexta, se tornou uma tempestade depois que os seus ventos caíram para abaixo dos 119 km/h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos