Ministro britânico do Brexit diz que prefere adiar saída da UE do que cometer erros

LONDRES (Reuters) - É melhor o Reino Unido começar o processo formal de desfiliação da União Europeia, o chamado Brexit, um mês atrasado do que se equivocar na postura que adotará para negociar, disse nesta segunda-feira o ministro britânico a cargo das tratativas do rompimento.

O ministro David Davis também disse ao Parlamento que o Reino Unido não precisa ser membro do mercado único da UE para ter acesso a ele.

"Iremos acionar o Artigo 50 tão cedo quanto for sensatamente possível", afirmou. "Eu preferia estar um mês atrasado e acertar do que estar um mês adiantado e errar".

Em junho os eleitores britânicos decidiram se desfiliar da UE, e o governo vem sendo pressionado pelo opositor Partido Trabalhista e por outros países a esclarecer como pretende se desligar do bloco e refazer seus laços comerciais.

(Por Elizabeth Piper e Kylie MacLellan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos