China diz que vai intensificar política fiscal proativa e encorajar apoio ao crédito

PEQUIM (Reuters) - A China vai intensificar os esforços de uma política fiscal proativa agora que os preços das commodities estão relativamente baixos, disse o Conselho de Estado, ou gabinete, em uma nota publicada em seu site nesta terça-feira.

A nota é um resumo da reunião de rotina do Conselho de Estado realizada pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, na segunda-feira.

O Conselho de Estado também disse que vai incentivar as políticas de bancos da China a reforçar o apoio ao crédito.

A nota reafirma que a China vai reduzir ativamente o excesso de capacidade e liberalizar mais o investimento em infraestrutura, o que significa uma maior abertura ao investimento privado.

(Por Yawen Chen e Nicholas Heath)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos