Forças de segurança do Afeganistão encerram operação após ataques suicidas em Cabul

Por Mirwais Harooni

CABUL (Reuters) - Forças de segurança do Afeganistão encerraram uma operação com 11 horas de duração no centro de Cabul nesta terça-feira, matando a tiros o último grupo de agressores que lançou um ataque horas após um outro atentado suicida que matou e feriu dezenas de integrantes das forças de segurança e civis.

O episódio violento começou na segunda-feira à tarde com duas explosões suicidas coordenadas em uma área movimentada da capital perto do Ministério da Defesa que deixaram 35 mortos, incluindo diversas autoridades de segurança, e feriram 103.

O ataque foi reivindicado pelo Taliban e seguido poucas horas depois pela explosão de um carro-bomba em Share Naw, uma área comercial e residencial da cidade perto do bairro das embaixadas e do governo.

Depois da explosão em Share Naw, três homens armados se esconderam perto de um escritório de um grupo de ajuda humanitária e de um complexo governamental. O alvo do ataque não estava claro.

Não houve reivindicação de imediato pela responsabilidade do ataque em Share Naw, que deixou seis feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos