Osram vai fortalecer aposta em tecnologia de escaneamento da íris, diz fonte

FRANKFURT (Reuters) - A Osram planeja usar alguns dos fundos que havia reservado para sua fábrica LED para produzir chips para tecnologia de escaneamento da íris, apostando na demanda de fabricantes de smartphones e sistemas de realidade virtual, disse uma pessoa familiarizada com assunto à Reuters.

A Osram planeja investir pelo menos 100 milhões de euros em sua fábrica alemã em Regensburg, onde produz os chips, disse a fonte, acrescentando que nenhuma decisão formal foi feita.

A Osram não quis comentar.

A Samsung está entre as primeiras fabricantes de smartphones a usar a tecnologia de escaneamento de íris no smartphone Galaxy Note 7, que acabou de sofrer um recall após incêndios em baterias. Há especulações de que a Apple também oferecerá ferramentas similares em modelos futuros.

A transferência de investimentos da fábrica de semicondutores de LED na Malásia para operações em outros lugares pode ser vista como uma concessão à investidores que ficaram desencorajados quando a Osram anunciou o investimento de bilhões de euros na Ásia no ano passado.

(Por Irene Preisinger)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos