Construção de muro em Calais para conter imigrantes será iniciada este mês

LONDRES/CALAIS, França (Reuters) - A construção de um muro ao longo da estrada de acesso à cidade portuária francesa de Calais para tentar impedir imigrantes de invadirem caminhões com destino ao Reino Unido irá começar neste mês, disseram autoridades britânicas.

O ministro da Imigração, Robert Goodwill, disse aos parlamentares que a segurança está sendo reforçada em Calais, lar do campo apelidado de "Selva" onde milhares de imigrantes saídos do Oriente Médio e da África e em fuga de guerras e da pobreza esperam cruzar o Canal da Mancha rumo ao Reino Unido.

O campo e um acordo de controle de fronteira franco-britânico que na prática empurra a divisa britânica para dentro do continente francês vêm rendendo debates acalorados desde que os britânicos decidiram se separar da União Europeia em um referendo realizado em junho.

Goodwill disse que o muro é parte de um pacote de medidas de segurança de 17 milhões de libras esterlinas (22,75 milhões de dólares) acordado entre o Reino Unido e a França em março.

"Iremos começar a construir esse grande muro novo como parte do pacote de 17 milhões que estamos fazendo com os franceses... fizemos a cerca e agora estamos fazendo o muro", explicou Goodwill na terça-feira.

A vegetação já foi retirada de um lado da estrada de Rocade, mas não havia sinal de operários nem de máquinas no local nesta quarta-feira.

Uma autoridade local disse que o projeto será finalizado até o final do ano.

O muro deve ter quatro metros de altura e ser erguido dos dois lados de um trecho de estrada de um quilômetro de extensão.

Um documento exibido em uma reunião pública organizada pelo Porto de Calais no dia 6 de julho revelou que o muro será feito de concreto liso para torná-lo mais difícil de escalar, mas que terá plantas e vegetação do lado de dentro para minimizar o impacto visual.

A França desmantelou a metade sul da "Selva" em fevereiro e março, e na semana passada o governo afirmou que irá desmontar o resto, mas sem informar um cronograma.

(Por Elizabeth Piper em Londres e Matthias Blamont em Calais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos