Exército da Síria e aliados retomam bairro importante da cidade de Aleppo

BEIRUTE (Reuters) - O Exército da Síria e seus aliados recuperaram o controle de todo o bairro de Ramousah, na cidade de Aleppo, relataram um grupo de monitoramento e a mídia pró-governo nesta quinta-feira, capitalizando um avanço da semana passada que voltou a impor um cerco a áreas rebeldes.

Se mantido, o avanço irá anular quase todas as conquistas obtidas pelos rebeldes em uma ofensiva súbita no mês passado, intensificar o bloqueio ao leste de Aleppo, que está nas mãos dos rebeldes, e facilitar o acesso do Exército a bairros do oeste comandados pelo governo através do sul da cidade.

    A batalha por Aleppo se tornou o foco tanto do presidente sírio, Bashar al-Assad --apoiado por milícias xiitas do Iraque e do Líbano, pela Guarda Revolucionária do Irã e pelo poder aéreo da Rússia-- quanto dos rebeldes sunitas que querem depô-lo.

    No início de agosto, o avanço dos rebeldes sobre o sul de Aleppo deu a eles o controle do bairro residencial de Ramousah, um complexo de colégios militares a oeste e ao bairro de blocos de apartamentos 1070, a oeste destes últimos.

    A ofensiva abriu um corredor nas partes de Aleppo comandadas por rebeldes, que abrigam pelo menos 250 mil pessoas e que passaram semanas sitiadas, e ao mesmo tempo obrigou o governo a acessar suas próprias áreas da cidade por uma rota mais longa e mais precária.

    Este avanço rebelde foi obtido graças a uma operação que partiu do bastião insurgente de Idlib, 50 quilômetros ao sudoeste, e foi realizada por grupos islâmicos tradicionais e radicais, incluindo um que só recentemente rompeu sua aliança formal com a Al Qaeda.

    Mas nesta quinta-feira o Exército e seus aliados "conseguiram retomar o controle de todo o bairro de Ramousah", relatou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, grupo sediado no Reino Unido que monitora a guerra graças a uma rede de contatos dentro da Síria.

    "Unidades de nossas Forças Armadas, em cooperação com forças aliadas, controlam as instalações de gás, o curtume, o abatedouro, o correio e a área de postos de verificação militar de Ramousah, em Aleppo", havia dito mais cedo uma fonte militar síria.

    Partes do bairro 1070 e uma escola continuam nas mãos dos rebeldes, informou o Observatório.

    (Por Angus McDowall)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos