Importações da China em agosto crescem pela 1ª vez em 22 meses

PEQUIM (Reuters) - As exportações da China em agosto caíram 2,8 por cento na comparação com o ano anterior, menos do que os mercados esperavam, enquanto as importações subiram inesperadamente 1,5 por cento, de acordo com dados oficiais divulgados nesta quinta-feira.

Foi o primeiro crescimento das importações em 22 meses.

O resultado foi um superávit comercial de 52,05 bilhões de dólares no mês, disse a Administração Geral das Alfândegas.

Analistas consultados pela Reuters esperavam que as exportações caíssem 4,0 por cento e que as importações recuassem 4,9 por cento, resultando em um superávit comercial de 58 bilhões de dólares.

(Reportagem de Yawen Chen e Elias Glenn)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos