Rússia diz que acordo com EUA sobre a Síria ainda não está finalizado

MOSCOU (Reuters) - A Rússia e os Estados Unidos ainda não finalizaram um documento sobre uma solução para a crise da Síria que seja aceitável para ambos, e é preciso haver concessões em um número pequeno de temas, segundo o Kremlin.

"A conversa de fato é sobre algum tipo de acordo, algum documento, que o presidente (da Rússia) mencionou, e que ainda não foi finalizado porque ainda há algumas questões para se acertar", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em uma teleconferência com jornalistas nesta quinta-feira.

    Ele disse que o presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega norte-americano, Barack Obama, tiveram uma conversa detalhada sobre a Síria durante a cúpula do G20 na China nesta semana.

    "Ainda não se chegou a um compromisso em torno de um número insignificante de questões pendentes", disse Peskov, sem dar maiores detalhes.

    Ele não quis informar se uma reunião sobre a Síria entre o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, planejada originalmente para os dias 8 e 9 de setembro em Genebra, irá acontecer.

(Por Dmitry Solovyov)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos