Inflação anual na China desacelera para 1,3% em agosto, mais fraca desde outubro de 2015

PEQUIM (Reuters) - A inflação ao consumidor na China desacelerou para 1,3 por cento em agosto na comparação com o mesmo período do ano anterior, no ritmo mais fraco desde outubro de 2015, informou nesta sexta-feira a agência de estatísticas, abaixo das expectativas do mercado.

Analistas consultados pela Reuters esperavam que o índice de preços ao consumidor subisse 1,7 por cento, após avanço de 1,8 por cento no mês anterior.

Os preços ao produtor recuaram 0,8 por cento em agosto, depois de queda de 1,7 por cento no mês anterior e expectativa de recuo de 0,9 por cento na base anual.

(Reportagem de Elias Glenn)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos