Kerry e Lavrov expressam preocupação após novo teste nuclear da Coreia do Norte

GENEBRA, (Reuters) - O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, expressaram preocupação com quinto e maior teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, nesta sexta-feira.

Durante encontro com Kerry em Genebra para discutir esforços de paz na Síria, Lavrov disse a repórteres que uma mensagem deve ser enviada "fortemente" sobre a implementação de resoluções da Organização das Nações Unidas (ONU) contra a Coreia do Norte.

Kerry, por sua vez, disse esperar que o presidente dos EUA, Barack Obama, fale sobre a questão nesta sexta-feira e disse que haverá conversas na ONU.

"Estamos tentando monitorar para descobrir precisamente o que aconteceu", disse Kerry.

Kerry disse ter conversado nesta sexta-feira com os chanceleres do Japão e da Coreia do Sul.

"Tivemos uma séria conversa sobre isto. Obviamente Japão e Coreia do Sul, especialmente, estão profundamente preocupadas por conta da vizinhança. Acho que é justo dizer que China, Rússia e os Estados Unidos, todos compartilham preocupações sobre isto", disse.

Perguntado sobre o teste, Lavrov afirmou: "Estou muito preocupado e a resolução do Conselho de Segurança deve ser implementada e devemos mandar esta mensagem com força".

O lançamento da Coreia do Norte, na comemoração dos 68 anos da fundação do país, foi mais poderosa que a bomba detonada em Hiroshima na 2ª Guerra Mundial, de acordo com estimativas.

(Reportagem de David Brunnstrom)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos