Presidente da Rússia inaugura projeto ferroviário de US$2 bi antes de eleições parlamentares

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo Vladimir Putin inaugurou neste sábado o projeto de um anel ferroviário de 2 bilhões de dólares em Moscou, aberto para passageiros pouco antes das eleições parlamentares.

A finalização do projeto, antes prevista para 2015, acontece em um momento no qual a Rússia luta para fechar buracos no seu orçamento em meio à queda nas receitas de exportação de petróleo e sanções do Ocidente por conta da crise na Ucrânia.

A Rússia realiza eleições parlamentares em 18 de setembro e, apesar da crise econômica, o principal partido pró-governo deve vencer com folga, embora sua margem de vitória possa ser menor do que em anos recentes.

Ainda não finalizado totalmente, o Anel Central de Moscou, de 54 quilômetros, foi aberto para passageiros neste sábado.

O governo investiu cerca de metade dos 130 bilhões de rublos (2 bilhões de dólares) do projeto, que busca aliviar a demanda do metrô de Moscou, um dos mais movimentados do mundo.

O resto veio do orçamento municipal de Moscou e da empresa ferroviária estatal.

(Por Maria Kiselyova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos