UE vai duplicar recursos de ajuda emergencial para refugiados presos na Grécia

ATENAS (Reuters) - A União Europeia vai mais do que duplicar a ajuda de emergência para a Grécia, a fim de melhorar as condições de vida dos refugiados e migrantes que estão parados no país há meses.

Cerca de 115 milhões de euros em ajuda de emergência estão sendo enviados pela UE, além dos 83 milhões de euros do início deste ano, disse a Comissão Europeia neste sábado.

O dinheiro será canalizado através de organizações humanitárias para melhorar os abrigos de moradia e o acesso das crianças refugiadas à educação, enquanto parte seria dada em dinheiro ou esquemas de vouchers, acrescentou a Comissão.

"O novo financiamento tem o objetivo fundamental de melhorar as condições para os refugiados na Grécia e fazer a diferença antes do próximo inverno", disse o Comissário de Ajuda Humanitária, Christos Stylianides.

Pouco menos de 60.000 refugiados e migrantes estão parados na Grécia após suas tentativas de ir para a Europa Central e do Norte serem impedidas por uma onda de fechamento de fronteiras nos Balcãs no início do ano.

Muitos estão alojados em quarteis abandonados ou fábricas.

(Por Michele Kambas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos