Rivais na Síria lutam por posição nas vésperas de trégua acordada

BEIRUTE (Reuters) - Tropas do governo e rebeldes pareciam estar lutando para fortalecer suas posições em diversas partes da Síria na véspera de uma trégua acordada entre o governo e grupos rebeldes, destinada a aliviar o sofrimento dos civis.

Um monitor de guerra relatou confrontos ao redor de Aleppo e Damasco, mas investidas do governo no noroeste montanhoso e de rebeldes no sudoeste indicaram um esforço para melhoria de suas posições antes do fim dos combates, que devem se encerrar na segunda-feira.

Acordos de paz anteriores desmoronaram dentro de semanas, com os Estados Unidos acusando o presidente Bashar al-Assad e seus aliados de atacar grupos de oposição e civis. No sábado, os ataques aéreos em áreas controladas pelos rebeldes mataram dezenas de pessoas.

Neste domingo, um oficial de um grupo rebelde disse que facções insurgentes iriam emitir mais tarde uma declaração cautelosa de boas-vindas ao cessar-fogo, mas expressando preocupação sobre o que eles vêem como uma falta de sanções acordadas para o governo em caso de quebra do acordo.

O governo da Síria não emitiu um comentário oficial sobre a trégua, mas no sábado a imprensa estatal síria afirmou que o governo tinha dado a sua aprovação, citando fontes privadas. O Irã saudou o acordo no domingo.

(Por Tom Perry)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos