Hillary Clinton, candidata à presidência dos EUA, tem pneumonia bacteriana, diz campanha

Por Amanda Becker

WHITE PLAINS, EUA (Reuters) - A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, tem uma forma não contagiosa bacteriana de pneumonia, disse a sua campanha, quando anunciou que uma médica iria divulgar uma carta sobre o tratamento dela nesta quarta-feira.

A carta, que vai detalhar o tratamento recebido nos dias anteriores e posteriores ao diagnóstico de pneumonia na sexta-feira, incluindo um exame do tórax, diz que foram receitados dez dias de antibióticos para tratar do problema.

Hillary foi avaliada diversas vezes por sua médica, Lisa Bardack.

"O restante do seu completo exame físico foi normal, e ela está em condição mental excelente", dirá a carta de Lisa Bardack.

Registros de saúde adicionais divulgados com a carta vão mostrar que o colesterol e a pressão sanguínea de Hillary estão dentro das faixas normais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos