Volkswagen estabelece empresa de segurança cibernética com ex-chefe de espionagem israelense

JERUSALÉM (Reuters) - A Volkswagen está formando uma empresa com o ex-chefe da agência de inteligência israelense Shin Bet, para desenvolver sistemas de segurança cibernética para carros conectados à internet e veículos autônomos, disseram os parceiros em um comunicado nesta quarta-feira.

A montadora alemã terá 40 por cento da nova companhia, CyMotive Technologies, enquanto Yuval Diskin e dois ex-colegas que também tiveram altos cargos na Shin Bet terão 60 por cento.

O comunicado não disse quanto a Volkswagen investirá no empreendimento, que tem um escritório nos subúrbios de Tel Aviv e abrirá outro em Wolfsburg, na Alemanha.

Aproveitando sua experiência em tecnologia, Israel surgiu como líder na corrida para manter os carros seguros e prevenir o terrível cenário de hackers comandando veículos.

"Para que possamos enfrentar os enormes desafios da próxima década, precisamos expandir nosso conhecimento sobre segurança cibernética", disse o chefe de desenvolvimento elétrico e eletrônico da Volkswagen, Volkmar Tanneberger.

(Por Ari Rabinovitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos