Condutores de crédito de Brasil e Rússia são diferentes mas levam a ações de rating similares, diz Moody's

(Reuters) - Os condutores de crédito de Brasil e Rússia são muito diferentes, mas deram lugar a ações de classificação similares, afirmou nesta quinta-feira a agência de rating Moody's em um relatório no qual compara a situação de ambos os países.

Devido aos impactos econômicos e políticos, ambos os países têm sido afetados por recessões profundas, inflação alta e déficits fiscais significativos.

"Apesar de evoluções de classificação similares, as fontes dos choques e as forças e fraquezas relativas que Brasil e Rússia enfrentam diferem de forma significativa", disse Samar Maziad, vice-presidente e analista sênior da Moody's.

No momento em que o Brasil e a Rússia saem de suas respectivas contrações, preservam as forças relativas ao crédito que sustentam seus ratings, explicou a agência.

As instituições do Brasil seguem sendo moderadamente fortes apesar da severa crise política, completou a Moody's, destacando que as reservas internacionais amplas são fator chave para os dois países já que protegem parcialmente suas economias de choques externos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos