Snowden causou danos tremendos à segurança dos EUA, diz comitê do Congresso

Por Mark Hosenball

WASHINGTON (Reuters) - Um comitê da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos lançou um duro relatório nesta quinta-feira acusando o ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional Edward Snowden de mentir sobre o seu histórico, de desavenças com colegas de trabalho e de vazar segredos que “causaram danos tremendos” à segurança dos EUA.

O relatório do Comitê de Inteligência da Câmara declarou que Snowden “não é um denunciante” como ele tem dito em entrevistas e que a maior parte do material que ele roubou da agência era sobre programas de inteligência e defesa de grande interesse para adversários externos dos EUA.

A comissão divulgou apenas um resumo de quatro páginas do que disse ser um relatório investigativo de 36 páginas feito por funcionários do comitê e considerado altamente confidencial. Contudo, o resumo tem palavras fortes sobre as ações e o histórico de Snowden.

O comitê afirmou que, enquanto a “dimensão completa” dos danos causados pelas revelações de Snowden permanece desconhecida, uma revisão do material que ele supostamente comprometeu “deixa claro que ele entregou segredos que protegem tropas norte-americanas no exterior e segredos relacionados a defesas vitais contra terroristas e países.”

A divulgação do relatório pelo comitê coincide com o lançamento de “Snowden”, filme de Hollywood dirigido por Oliver Stone, que retrata o ex-prestador de serviços da área de inteligência como um denunciante e um herói.

Na quarta-feira, um proeminente grupo de defesa dos direitos humanos pediu abertamente ao presidente Barack Obama para emitir um perdão a Snowden antes de deixar a Casa Branca -- uma sugestão feita pelo próprio Snowden ao jornal inglês The Guardian no início da semana.

Autoridades norte-americanas disseram que Obama não está considerando um perdão para Snowden, que está enfrentando acusações criminais nos EUA para fornecer informações secretas a pessoas não autorizadas, e que não há discussão de um perdão dentro do Departamento de Justiça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos