Homem-bomba mata ao menos 25 pessoas em mesquita no Paquistão

Por Shams Momand e Jibran Ahmad

PESHAWAR (Reuters) - Um homem-bomba gritou "Allahu Akbar" e detonou explosivos em uma mesquita no noroeste do Paquistão, matando ao menos 25 pessoas e ferindo mais de 20 durante cerimônias religiosas nesta sexta-feira.

Uma autoridade regional confirmou o ataque no vilarejo de Payee Khan, na região de Mohmand, Território Federal das Áreas Tribais, que fica na fronteira com Afeganistão e não pertence a nenhuma província paquistanesa.

"O homem-bomba estava em uma mesquita lotada, gritou 'Allahu Akbar' (Deus é maior) e então houve uma grande explosão", disse à Reuters o vice-administrador da agência que cuida da região, Naveed Akbar.

Shaukat Khan, outra autoridade na região de áreas tribais, disse que ao menos 24 pessoas ficaram feridas.

As regiões de fronteira paquistanesas, extremamente conservadoras e de difícil acesso, há tempos se tornaram santuário de militantes da Al Qaeda, Taliban e outros grupos islâmicos.

(Reportagem de Jibran Ahmad)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos