Bélgica relata primeiro caso de eutanásia de um menor de idade

BRUXELAS (Reuters) - A eutanásia de um jovem de 17 anos na Bélgica é a primeira aplicação das regras adotadas pelo país em 2014, permitindo a morte assistida por médicos para os menores de idades, informou o chefe do comitê nacional para a eutanásia, neste sábado.

Wim Distelmans, que preside Controle Federal da Bélgica e a Comissão de Avaliação sobre Eutanásia, disse em um comunicado enviado por e-mail que o primeiro caso foi relatado para a sua comissão por um médico local na semana passada.

Ele disse à Reuters que o menor tinha 17 anos, mas não deu outros detalhes.

A Bélgica legalizou a eutanásia em 2002. Há dois anos alterou as regras para permitir a morte assistida por médicos para os menores de idade, em situação médica sem esperança e com o seu consentimento explícito.

É o único país do mundo que permite a eutanásia para menores de todas as idades. Na vizinha Holanda, a prática é legal para as crianças a partir de 12 anos.

(Por Francesco Guarascio)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos