Meirelles reforça importância de controle dos gastos e reforma da Previdência

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a destacar nesta segunda-feira a importância da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos das despesas públicas e a reforma da Previdência.

Meirelles afirmou, durante evento em São Paulo pela manhã, que o controle das despesas públicas é a prioridade no momento, mas que, sem a reforma da Previdência em seguida, o Estado corre o risco de insolvência.

A PEC, medida fiscal mais importante do governo e que ainda precisa de aval do Congresso Nacional, limita o crescimento do gasto público à inflação do ano anterior por 20 anos.

Em um segundo evento no início da tarde, o ministro destacou que a confiança, tanto de empresários quanto de consumidores, "já está claramente subindo forte", o que acontece como consequência das sinalizações de que as despesas serão contidas.

"Neste momento, a retomada da confiança já é um sinal importante. Claramente já entramos numa rota positiva", afirmou ele a empresários.

Questionado sobre a necessidade de o país atrair investimentos, Meirelles afirmou que estes virão conforme aumentar a previsibilidade sobre a economia brasileira.

(Reportagem de Thais Freitas)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos