Mulher de suspeito de ataques em NY deixou EUA há poucos dias, diz CNN

WASHINGTON (Reuters) - A mulher do suspeito pelo ataques a bomba em Nova York e Nova Jersey Ahmad Khan Rahami deixou os Estados Unidos dias antes das explosões, de acordo com uma fonte de segurança ouvida pela emissora CNN nesta terça-feira.

Autoridades norte-americanas estão trabalhando com o Paquistão e os Emirados Árabe Unidos para tentar entrar em contato com a mulher, de acordo com a fonte da CNN, que não foi identificada.

Rahami, que é o suspeito de ter tramado os ataques a bomba do fim de semana, se casou no Paquistão e levou a mulher para viver com ele nos Estados Unidos, segundo reportagens.

(Reportagem de Doina Chiacu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos