BC do Japão reforma política monetária e determina meta de curva de rendimento

TÓQUIO (Reuters) - O banco central do Japão decidiu nesta quarta-feira adotar uma meta para a taxa de juros de longo prazo em uma revisão de seu programa de estímulo.

O Banco do Japão manteve a taxa de juros de -0,1 por cento que aplica a alguma das reservas excessivas que as instituições financeiras deixam no banco central.

Mas abandonou a meta de base monetária e em vez disso determinou um "controle da curva de rendimento" segundo o qual comprará títulos governamentais de longo prazo para manter os rendimentos dos bônus de 10 anos em torno dos nívels atuais de zero por cento.

O banco central do Japão disse que continuará a comprar títulos do governo de longo prazo a um ritmo em que o balanço de sua carteira aumente em 80 trilhões de ienes (781 bilhões de dólares) por ano.

(Reportagem de Leika Kihara, Stanley White, Tetsushi Kajimoto e Minami Funakoshi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos