Investigação sobre explosão da SpaceX sugere vazamento de sistema em tanque de oxigênio

SAN FRANCISCO (Reuters) - A SpaceX disse nesta sexta-feira que uma revisão preliminar de dados sobre a explosão ocorrida em 1º de setembro, que destruiu um foguete Falcon 9, sugeriu um grande vazamento no sistema de hélio criogênico dentro de um tanque de oxigênio líquido.

A empresa de dispositivos espaciais está investigando a raiz do incêndio na plataforma de lançamento que destruiu um satélite de comunicações israelense que deveria entrar em órbita a partir da Estação da Força Aérea dos EUA em Cabo Canaveral, na Flórida.

Em uma mensagem divulgada em um blog, a SpaceX disse que retoma os voos em novembro.

(Por Alexandria Sage)

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos