Coleção de arte de David Bowie chega a NY antes de leilões em novembro

(Reuters) - A Sotheby's fez uma prévia nesta segunda-feira da coleção de arte contemporânea do falecido músico David Bowie, na sede de sua galeria em Nova York, antes do leilão em novembro.

"No geral, nós venderemos mais de 350 itens. A estimativa mínima é de 10 milhões a 15 milhões de libras. Nós a dividimos em três vendas: duas vendas de arte moderna e contemporânea e então uma venda completa de design italiano pós-moderno", disse o especialista sênior em arte moderna e arte britânica do pós-guerra, Simon Hucker, sobre o leilão, que acontecerá em Londres entre 10 e 11 de novembro.

Bowie, que morreu aos 69 anos em janeiro, acumulou uma enorme coleção de arte, pela qual era bem conhecido.

Entre os lotes mais importantes na venda está uma peça do falecido pintor nova-iorquino Jean-Michel Basquiat, chamada "Air Power" e estimada entre 3,3 milhões e 4,6 milhões de dólares.

(Por Reuters TV, texto por Melissa Fares)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos