Ex-vice-presidente do Equador tem candidatura à presidência lançada

QUITO (Reuters) - O movimento político situacionista do Equador apresentou neste sábado o ex-vice-presidente de Rafael Correa como seu candidato oficial à presidência nas eleições de 19 de fevereiro de 2017, quando o presidente vai se afastar do poder após uma década.

Lenín Moreno, um político de 63 anos que sofre de paraplegia e usa uma cadeira de rodas, acompanhou Correa como vice-presidente de janeiro de 2007 a maio de 2013. Atualmente, ele atua como enviado especial das Nações Unidas para acessibilidade.

A chapa para a corrida presidencial deverá ser formada com o atual vice-presidente, Jorge Glas.

"Acreditamos que o melhor equatoriano para orientar a próxima etapa deste processo político é que incrível ser humano Lenín Moreno", disse o presidente Correa em um evento popular do seu movimento político.

(Reportagem de Alexandra Valencia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos