Kim Kardashian volta aos EUA após ser vítima de assalto em Paris

Por Leigh Thomas

PARIS/NOVA YORK (Reuters) - A estrela de reality show Kim Kardashian voltou a Nova York "muito abalada" nesta segunda-feira depois de ser assaltada à mão armada em sua residência de Paris por homens mascarados que roubaram cerca de 10 milhões de dólares em joias da celebridade.

Kardashian, usando óculos escuros e de cabeça baixa, foi fotografada entrando em seu apartamento de Manhattan com o marido, o rapper Kanye West. Ela deixou Paris de jato particular horas depois de os assaltantes a amarrarem no banheiro e colocarem uma arma contra sua cabeça.

A estrela, que seu agente disse estar "muito abalada, mas fisicamente intacta", não disse nada aos veículos de mídia que aguardavam sua chegada.

"O que aconteceu foi uma infelicidade, e os responsáveis devem ser punidos severamente", disse o ministro das Relações Exteriores da França, Jean-Marc Ayrault, ao canal TV5 Monde. "Estamos totalmente mobilizados para garantir a segurança de todo o povo francês, assim como de todos que visitam a França, e em particular dos turistas."  

De acordo com a polícia, cinco assaltantes usando máscaras de ski e roupas com inscrições da polícia entraram por volta das 3h da manhã no apartamento onde Kardashian estava para participar da Semana de Moda de Paris, disse uma fonte policial à Reuters.

Dois dos homens entraram no apartamento após ameaçar o guarda noturno com uma arma. Kim não foi agredida, mas os assaltantes colocaram uma pistola contra sua cabeça antes de amarrá-la, disse a fonte. A TV iTELE relatou que ela foi amarrada com fita adesiva.

Os agressores roubaram uma caixa com joias no valor de 5 a 6 milhões de euros e um anel com valor de cerca de 4 milhões de euros, disse a fonte.

O canal E! News, cuja rede norte-americana transmite o programa "Keeping Up With the Kardashians", citou nesta segunda-feira uma fonte próxima dos Kardashians que disse que a estrela temeu por sua vida.

"Ela implorou para que a deixassem com vida e (disse) que tem filhos em casa... ela achou que com certeza iam matá-la", contou a fonte não identificada ao E! News.

O conjunto de apartamentos de Paris é um edifício discreto atrás da igreja de La Madeleine, que tem várias entradas secretas e é frequentada por personalidades do cinema e da música que pagam até 15 mil euros por pernoite.

A fonte disse que os agressores fugiram de bicicleta. A polícia encontrou o vigia noturno na escadaria com as mãos e os pés amarrados.

Kardashian estava na capital francesa com a mãe, Kris Jenner, e com as irmãs Kendall Jenner e Kourtney Kardashian para o evento de moda. O resto da família ficou em um hotel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos