Britânicos conquistam Nobel de Física por estudos sobre estados incomuns da matéria

ESTOCOLMO (Reuters) - Os cientistas britânicos David Thouless, Duncan Haldane e Michael Kosterlitz ganharam o prêmio Nobel de Física por estudos sobre estados incomuns da matéria como em supercondutores, anunciou nesta terça-feira a entidade responsável pela premiação.

"Graças a seu trabalho pioneiro, a caçada agora é por novas e exóticas fases da matéria", disse a Academia Real Sueca de Ciências em um comunicado ao anunciar os vencedores do prêmio de 8 milhões de coroas suecas (937 mil dólares).

"Muitas pessoas estão esperançosas com aplicações futuras tanto na ciência como nos eletrônicos", acrescentou a academia.

Thouless receberá metade do prêmio e a outra metada será dividida entre Haldane and Kosterlitz.

O Nobel de Física é o segundo a ser anunciado este ano, depois do anúncio do japonês Yoshinori Ohsumi na área de medicina, na segunda-feira.

(Reportagem de Anna Ringstrom, Bjorn Rundstrom e Johan Ahlander)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos