Acordo do clima de Paris é ratificado e entrará em vigor no próximo mês, diz ONU

OSLO (Reuters) - Um acordo global para enfrentar as mudanças climáticas com o objetivo de afastar a economia global dos combustíveis fósseis entrará em vigor no mês que vem, depois que foi cumprida nesta quarta-feira uma exigência graças ao apoio de países europeus, informou um site da Organização das Nações Unidas (ONU).

O apoio ao Acordo de Paris atingiu um número de nações que representa 56,75 por cento das emissões de gases do efeito estufa no planeta, acima dos 55 por cento necessários para a entrada em vigor do pacto mundial, segundo a ONU.

O acordo será formalmente implementando em um prazo de 30 dias.

O Parlamento Europeu endossou o acordo nesta semana, o que permitiu a diversos países da União Europeia ratificá-lo. O pacto já tinha sido ratificado pelos grandes emissores China, Estados Unidos e Índia, e também pelo Brasil.

(Reportagem de Alister Doyle)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos