Democrata Kaine ataca Trump em debate entre vices contra republicano Pence

FARMVILLE, Virgínia (Reuters) - O democrata Tim Kaine tentou fazer com que o debate entre candidatos a vice-presidente dos Estados Unidos, na noite de terça-feira, fosse totalmente sobre Donald Trump, chamando o candidato republicano à Presidência de perigo à segurança nacional norte-americana e alguém que denigre mulheres e minorias e parece não pagar impostos.

O debate entre Kaine, o número dois da candidata presidencial democrata Hillary Clinton, e seu rival republicano, Mike Pence, foi o único encontro entre os candidatos a vice, e os dois passaram a maior parte do tempo atacando os candidatos à Presidência dos EUA.

A discussão chegou a momentos tão intensos que os dois chegaram a falar ao mesmo tempo em algumas ocasiões, à medida que Kaine, senador da Virgínia, tentou afastar eleitores de Trump, enquanto Pence, governador de Indiana, tentou retratar Hillary como incapaz para a Casa Branca e um fracasso na secretaria de Estado entre 2009 e 2013, no primeiro mandato do presidente Barack Obama.

Kaine deixou Pence nervoso ao usar uma frase do ex-presidente republicano Ronald Reagan, que disse que qualquer tolo ou maníaco com uma arma nuclear poderia criar um evento catastrófico.

"É isso que penso que o colega de chapa do governador Pence é", disse Kaine.

Pence respondeu: "Senador, senador, isto está abaixo de você e Hillary Clinton, e isto é muito baixo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos