Latam planeja colocar títulos nos mercados internacionais para refinanciar dívida

SANTIAGO (Reuters) - A companhia aérea Latam, o maior do grupo de transporte aéreo na América Latina, disse que pretende colocar títulos no mercado internacional para recomprar, resgatar ou trocar a dívida emitida pela sua antiga unidade brasileira, a TAM.

A Latam , que surgiu a partir da fusão da LAN do Chile com a TAM do Brasil em 2012, disse em uma carta ao regulador a sua intenção de emitir e colocar a dívida através de títulos não garantidos de longo prazo, sob a norma 144-A e pela regulação S das leis de valores dos Estados Unidos.

A colocação, que será realizada nas próximas semanas depois de uma rodada de apresentações a investidores, busca a recompra, o resgate ou a amortização parcial das emissões remanescentes da TAM entre 2007 e 2011 a dez anos do prazo cada.

A TAM tinha uma emissão de dívida de 300 milhões de dólares, a uma taxa de 7,375 por cento e com vencimento no próximo ano. Além disso, emitiu uma dívida de 500 milhões, com uma taxa de 8,375 por cento e vencimento em 2021.

A empresa, que tem sede em Santiago, disse que o Citigroup Global Markerts ficará encarregado da operação.

(Por Antonio de la Jara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos