Tempo seco atrasa plantio de milho no RS; antecipa maturação de trigo, diz Emater

SÃO PAULO (Reuters) - O tempo seco registrado na última semana no Rio Grande do Sul fez com que a umidade do solo ficasse abaixo da ideal para a germinação da cultura do milho e atrasasse a conclusão do plantio, que chegou a 56 por cento da área projetada, informou Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira.

"Nos locais em que a semeadura aconteceu mais no cedo, os milharais apresentam desenvolvimento normal até o momento, embora as plantas já apresentem sintomas de déficit hídrico, em razão da baixa umidade", afirmou em nota Lino Moura, diretor técnico da Emater, órgão de assistência técnica do Estado.

No caso do trigo, embora as condições permaneçam boas no Estado, o tempo seco tem provocado a antecipação da maturação e causa preocupação aos agricultores, uma vez que boa parte das lavouras atravessa uma de suas fases mais sensíveis, a do enchimento de grãos.

"Se persistir esta situação, poderão ocorrer perdas significativas na produtividade", afirmou a nota da Emater, ressaltando que a expectativa para a produção é boa, de maneira geral.

Cerca de 5 por cento da área com trigo está em desenvolvimento vegetativo, 25 por cento em floração, 56 por cento em enchimento de grãos e 14 por cento em início de maturação do grão.

O Rio Grande do Sul é o segundo produtor de trigo do Brasil, atrás do Paraná, e também um importante produtor de milho do país.

((Redação São Paulo 55 11 56447751)) REUTERS RS

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos