Ator John Malkovich vence processo por artigo do Le Monde sobre evasão fiscal

PARIS (Reuters) - O ator norte-americano John Malkovich foi indenizado pelo jornal francês Le Monde por calúnia nesta sexta-feira por um artigo que sugeria que ele tinha uma conta secreta em um banco suíço.

Um tribunal francês decidiu que o Le Monde e dois de seus repórteres, Gerard Davet e Fabrice Lhomme, pagassem 14 mil euros em danos ao ator, disseram advogados de ambos lados à Reuters.

Em uma reportagem de fevereiro de 2015 sobre evasão fiscal e o braço financeiro privado suíço do HSBC, o jornal incluiu Malkovich em uma lista de celebridades que relatou ter contas secretas no banco entre 2005 e 2007.

No entanto, advogados do ator disseram ao tribunal que ele nunca teve uma conta no HSBC. Uma conta conjunta mantida em outra localização por Malkovich foi revelada às autoridades fiscais norte-americanas e fechada em 1999, antes da instituição ser adquirida pelo HSBC, disseram os advogados.

O Le Monde irá apelar a decisão, disse o advogado Christophe Bigot nesta sexta-feira.

(Reportagem de Gerard Bon)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos