Destruição do furacão Matthew no interior do Haiti eleva saldo de mortos a 842

Por Joseph Guyler Delva

CHANTAL, Haiti (Reuters) - O rastro de destruição do furacão Matthew no Haiti chocou as testemunhas da passagem da tempestade pelo país, enquanto o saldo de mortos subiu nesta sexta-feira para 842, dezenas de milhares de pessoas perderam suas casas e as plantações foram arrasadas na principal região de cultivo da empobrecida nação caribenha.

As informações chegavam aos poucos das áreas remotas que ficaram isoladas devido à tempestade, e ficou claro que ao menos 175 pessoas morreram em vilarejos concentrados entre as colinas e o litoral do fértil extremo oeste do Haiti.

O Matthew fez o mar chegar a vilarejos costeiros frágeis, alguns dos quais só agora estão sendo contatados. Ao menos três cidades relataram dezenas de baixas, incluindo Chantal, vilarejo de plantio situado em uma colina cujo prefeito disse que 86 pessoas morreram, a maioria quando árvores esmagaram suas casas. Segundo ele, 20 outras pessoas estão desaparecidas.

"Uma árvore caiu na casa e a derrubou, a casa inteira caiu em cima de nós. Eu não conseguia sair", disse o motorista Jean-Pierre Jean-Donald, de 27 anos, que estava casado há um ano.

"As pessoas vieram retirar os destroços, e depois vimos minha esposa, que havia morrido no mesmo local", contou Jean-Donald ao lado da filha, que gritava "mamãe".

Dezenas de outras pessoas estão desaparecidas, muitas das quais na região de Grand'Anse, no lado norte da península.

A cidade litorânea de Les Anglais também perdeu "várias dezenas" de moradores, informou o representante do governo central, Louis-Paul Raphael, à Reuters.

Diante do aumento das fatalidades, várias agências e comitês governamentais discordam sobre o número total de mortes. Uma contagem da Reuters que computou mortes relatadas pela autoridade de proteção civil e por funcionários locais estimou o saldo em 842.

A agência central de proteção civil do Haiti, que leva mais tempo para coligir os números porque precisa confirmar as vítimas visualmente, disse que 271 pessoas morreram quando o Matthew abriu caminho pelo oeste da península na terça-feira com ventos de 233 quilômetros por hora e chuva torrencial.

Cerca de 61.500 pessoas estão em abrigos, disse a agência.

Les Anglais foi a primeira localidade do Haiti a ser atingida pelo Matthew na condição de tempestade de Categoria 4 antes de seguir para o norte, perder força e se abater sobre o centro do Estado norte-americano da Flórida nesta sexta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos