Presidente da França não tem certeza se receberá Putin durante visita a Paris, cita Síria

PARIS (Reuters) - O presidente da França, François Hollande, afirmou que não tem certeza se vai se reunir com seu colega russo quando ele estiver visitando Paris em 19 de outubro e condenou o apoio inaceitável de Vladimir Putin aos ataques aéreos na Síria.

Os comentários de Hollande foram feitos durante entrevista a uma emissora de televisão, divulgada neste domingo.

Perguntado sobre a visita de Putin, Hollande afirmou à emissora TF1 que ele provavelmente receberá Putin. "Ainda estou me fazendo esta pergunta", disse Hollande.

"Podemos fazer alguma coisa que faça ele parar o que está fazendo junto com o regime sírio, que é apoiar o bombardeamento da população de Aleppo por suas forças aéreas?", questionou o líder francês.

A população de Aleppo "é vítima de crimes de guerra hoje", disse o presidente francês. "Aqueles que cometem estes atos serão considerados responsáveis, incluindo perante o Tribunal Criminal Internacional", acrescentou.

A entrevista completa será divulgada pela TF1 na segunda-feira.

(Por Laurence Frost)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos