Número de mortos pelo furacão Matthew no Haiti sobe para mil; 1,4 milhão precisam de ajuda humanitária

Por Joseph Guyler Delva

PORTO PRÍNCIPE (Reuters) - O Haiti começou a enterrar mortos em valas comuns após a passagem do furacão Matthew, disse uma autoridade do governo no domingo, à medida que o cólera se espalhou por áreas devastadas e o número de mortos pelo desastre chegou a mil pessoas.

O poderoso furacão, a tempestade mais forte no Caribe em quase uma década, chegou ao Haiti com ventos de 233 quilômetros por hora e chuvas torrenciais que deixaram 1,4 milhão de pessoas com necessidade de ajuda humanitária, informou o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos