Suspeito sírio planejava atacar aeroporto em Berlim, diz chefe da inteligência alemã

Em Berlim

  • Police Sachsen/AP

O chefe da inteligência alemã disse que um suspeito sírio preso nesta segunda-feira (10) estava fabricando uma bomba e provavelmente planejava atacar um dos aeroportos de Berlim.

Hans-Georg Maassen afirmou à emissora pública ARD que informações de inteligência indicaram no início de setembro que o grupo militante Estado Islâmico estava planejando um ataque contra a infraestrutura de transporte alemã.

Espiões conseguiram rastrear e identificar o suspeito no Estado da Saxônia, no leste do país, na quinta-feira e iniciaram uma observação permanente, declarou Maassen.

"Descobrimos que ele comprou cola quente numa loja de descontos no dia seguinte. E então demos imediatamente todos os passos necessários para iniciar a operação porque presumimos que esse poderia basicamente ser o último químico que faltava para ele fabricar a bomba."

Maassen disse à ARD que a informação inicial indicava um ataque contra trens na Alemanha, mas, mais tarde, ficou claro que ele planejava atacar um aeroporto de Berlim.

Autoridades alemãs haviam afirmado mais cedo nesta segunda que o suspeito tinha provavelmente sido inspirado pelo Estado Islâmico e que preparava um ataque semelhante aos de Bruxelas e Paris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos