Temer é favorável a mudanças na lei de repatriação, diz porta-voz

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer declarou-se favorável às mudanças no projeto de lei que trata da repatriação de recursos depositados no exterior que contemplem demandas de Estados e municípios, informou nesta quinta-feira o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola.

"O presidente reitera que a elaboração da pauta de projetos a serem discutidos e votados é prerrogativa da Câmara dos Deputados. No que diz respeito à substância da matéria, o governo é favorável às mudanças bem como se encontre uma solução que contemple a demanda dos governadores de Estado", disse Parola.

Nos últimos dias, no entanto, ministros - entre eles Henrique Meirelles, da Fazenda, e Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo -, afirmaram que o governo não irá trabalhar para que o projeto volte à pauta porque o texto atual contempla a União.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, admitiu que pode recolocar o projeto em pauta se houver acordo de líderes, após ter sido retirado na terça-feira por falta de um acordo.

Questionado também sobre os problemas de recursos para o Financiamento Estudantil, Temer informou que o governo tem expectativa de que os créditos suplementares sejam votados pelo Congresso nos próximos dias.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos