Chairman do Grupo Aeroporto Shenzhen é investigado por corrupção

PEQUIM (Reuters) - O presidente do Grupo Aeroporto Shenzhen, na China, está sendo investigado pelo Partido Comunista por suspeita de corrupção, informou nesta sexta-feira o órgão monitor anticorrupção do partido.

Wang Yang é suspeito de "sérias violações disciplinares", informou a Comissão Central para Inspeção Disciplinar em comunicado, sem dar mais detalhes.

Dezenas de autoridades seniores e executivos têm sido pegos em uma campanha contra corrupção lançada pelo presidente Xi Jinping desde que assumiu o poder, há quase quatro anos.

Não foi possível contatar Wang para comentários e é incerto se ele terá permissão para ter um advogado.

(Reportagem da Redação de Pequim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos