Vice de chapa republicana promete provas que inocentam Trump de acusações de mulheres

WASHINGTON (Reuters) - O candidato republicano a vice-presidente, Mike Pence, defendeu vigorosamente o cabeça de chapa Donald Trump das alegações de má conduta sexual e prometeu que provas que irão lançar dúvidas sobre as acusações virão à tona nesta sexta-feira.

A campanha de Trump vem se esforçando para se recuperar da divulgação, na semana passada, de um vídeo de 2005 no qual ele se vangloria de apalpar mulheres. Na sequência várias mulheres vieram a público com alegações de má conduta sexual do magnata do setor imobiliário de Nova York, que as negou.

Pence, governador conservador do Estado norte-americano de Indiana, disse que Trump lhe garantiu pessoalmente que as alegações são falsas.

"Antes de o dia terminar, haverá mais provas públicas que põem em xeque estas alegações mais recentes", disse Pence em uma entrevista ao programa "This Morning", da rede CBS.

"Fiquem ligados. Sei que há mais informações que virão à tona que irão sustentar sua afirmação de que tudo isso é categoricamente falso."

Ao programa "Today", da NBC, Pence disse que só faltam algumas "horas" para as provas virem a público.

Vendo seus números caírem nas pesquisas de opinião antes da eleição de 8 de novembro, Trump disse a seus apoiadores em um comício na Flórida na quinta-feira que as acusações de que apalpou mulheres em uma série de incidentes que remontam aos anos 1980 são parte de uma tentativa coordenada de mantê-lo longe do Salão Oval.

"Acedito nele", insistiu Pence na CBS.

(Por Doina Chiacu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos