Ataques deixam cerca de 55 mortos no Iraque, diz polícia

BAGDÁ (Reuters) - Cerca de 55 pessoas foram mortas neste sábado no Iraque em ataques que tinham por alvo uma aglomeração xiita, um posto de controle da polícia e a família de um parlamentar sunita contrário ao Estado Islâmico, segundo fontes médicas e de segurança.

A escalada de ataques ocorre num momento em que forças iraquianas se preparam para uma ofensiva para retomar Mosul, última cidade iraquiana ainda sob controle do Estado Islâmico.

O ataque mais mortal foi causado por um homem-bomba que detonou os explosivos no meio de uma aglomeração de pessoas que participavam de rituais xiitas em Bagdá, matando pelo menos 41 pessoas e ferindo outras 33.

(Reportagem de Kareem Raheed e Ahmed Rash)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos