Ao menos 19 pessoas morrem pisoteadas em festa religiosa na Índia

Rupam Jain

Em Nova Deli

  • AP

    O pânico se espalhou conforme centenas de peregrinos tentavam atravessar uma ponte

    O pânico se espalhou conforme centenas de peregrinos tentavam atravessar uma ponte

Pelo menos 19 pessoas morreram pisoteadas no sábado (15) após um grande tumulto na antiga cidade de Varanasi, no norte da Índia, disseram autoridades.

O pânico se espalhou conforme centenas de peregrinos hindus tentavam atravessar uma ponte para um local sagrado em uma das mais antigas cidades habitadas do mundo, no coração da base eleitoral do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

"Os rumores sobre o colapso da ponte levou uma multidão ao caos depois que um homem caiu", disse o oficial de polícia Javeed Ahmad.

Milhões de hindus visitam Varanasi a cada ano para rezar e lavar seus pecados no Ganges, considerado um rio sagrado.

Modi --que é o anfitrião de uma cúpula dos Brics, com a participação do presidente Michel Temer, na cidade costeira de Goa-- expressou suas condolências às famílias das vítimas e prometeu ajuda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos