Terceira eleição acabaria com impasse político na Espanha, aponta pesquisa

MADRI (Reuters) - A Espanha finalmente conseguiria um governo estável liderado pelo Partido Popular (PP), de centro-direita, caso realize a terceira eleição nacional em um ano, sugeriu neste domingo uma pesquisa.

Duas votações inconclusivas deixaram a Espanha em limbo político desde dezembro, e os partidos ainda tentam remendar uma coalizão viável após a última eleição em junho.

A pesquisa Metroscopia, do jornal El País, sugeriu que o PP, liderado pelo primeiro-ministro interino Mariano Rajoy, obteria 37,8 por cento em uma nova votação --mais do que os 33 por cento conseguidos da última vez e potencialmente o suficiente para liderar a coalizão.

A pesquisa, no entanto, não detalhou quantos assentos os parlamentares do PP ganhariam com essa proporção de votos.

Porém o aumento do seu apoio sugere uma chance melhor de formar um governo com o liberal recém-chegado Ciudadanos. Atualmente, os dois partidos têm juntos apenas sete assentos abaixo da marca de 176 necessários para uma maioria absoluta. Outras alianças também são possíveis.

(Reportagem de Julien Toyer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos